Certel anunciou mais de R$ 100 milhões em investimentos

04 de Abril | Certel Energia Publicado em Certel Energia
Assembleia da Microrregião de Taquara

Assembleia da Microrregião de Taquara

Mais de 1,5 mil pessoas participaram das assembleias microrregionais da Certel, realizadas nos dias 7, 8, 11, 12, 14 e 15 de março, respectivamente em Taquara, Barão, Lajeado, Marques de Souza, Boqueirão do Leão e Teutônia, e da Assembleia Geral Ordinária, dia 29, em Teutônia. Na oportunidade, o presidente, Erineo José Hennemann, acompanhado por diretores e contadores, apresentou o crescimento registrado em todos os negócios durante 2018 e destacou a valorização a uma maior participação dos associados com o novo modelo assemblear que predomina a partir deste ano na Certel.
“O consumo de energia elétrica cresceu 5,17%, ante 1,72% registrado em 2017, e o faturamento da cooperativa superou em 14% o do ano anterior. No varejo, o faturamento apresentou incremento de 7% e a venda para associados cresceu 26%. São sinais de que estamos no rumo certo, em direção de benefícios cada vez maiores ao nosso quadro social”, acentuou.
O diretor operacional de energia, Ernani Aloísio Mallmann, anunciou o investimento de R$ 12.000.000,00 para 2019 em melhorias da rede de distribuição, subestações e usinas. Enalteceu a importância do início das obras da Subestação Lajeado 3, em Costão, Estrela, um investimento da empresa indiana Sterlite Power que beneficiará substancialmente a Certel.
Do resultado positivo de mais de R$ 41 milhões, R$ 33.150.767,86 ficaram à disposição da assembleia. A proposta da Direção foi aprovada, destinando R$ 707.767,86 para o Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (Fates); R$ 9.000.000,00 para o Fundo de Manutenção do Sistema de Distribuição e Geração de Energia; R$ 8.450.000,00 para crédito na Conta Capital; R$ 5.000.000,00 para o Fundo de Manutenção para Investimentos em Projetos de Geração de Energia; e R$ 10.000.000,00 para recomposição do Fundo de Reserva Legal.

Investimentos
Hennemann anunciou importantes investimentos para 2019. Em outubro, será iniciada a construção da quinta hidrelétrica, a Vale do Leite, no Rio Forqueta, entre Pouso Novo e Coqueiro Baixo, orçada em R$ 40 milhões. “Já comprovamos que gerar a própria energia é importante para garantir a conta de luz mais barata do Rio Grande do Sul. E há um grande potencial hidrelétrico a ser aproveitado na região, sem contar os investimentos nas demais fontes alternativas de geração, como solar, eólica e por biomassa”, afirmou. Mais de R$ 60 milhões também serão destinados a melhorias no sistema elétrico e nas demais atividades, como varejo e indústria de artefatos de cimento, superando R$ 100 milhões.

Delegados
Momento de extrema importância, a eleição para delegados e suplentes ocorreu com votação secreta e elencou associados das seis microrregiões que representarão os associados nas assembleias. Uma comissão eleitoral, assessorada pela Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul (Ocergs), fora criada para auxiliar nessa organização. Os eleitos participarão de reuniões a fim de levar à direção da cooperativa conhecimento sobre necessidades relacionadas aos serviços da Certel, bem como servir de canal entre a cooperativa e os associados, sempre considerando a descentralização e a maior participação dos associados, segundo conceitos da governança cooperativa. A relação completa de delegados e suplentes está publicada no endereço www.certel.com.br/publicacoes-legais.

Cota-Capital
Prova incontestável de que a Certel respeita seus associados, foi apresentada nas assembleias a possibilidade de devolução da recente contribuição pela Cota-Capital. Os mais de 40 mil associados que colaboraram nesse sentido poderão escolher pela integralização do Capital na cooperativa ou pela devolução no mesmo prazo de captação. Quem desejar receber de volta o valor, corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), poderá fazê-lo de acordo com um calendário pré-estabelecido:
- Microrregiões de Salvador do Sul e Marques de Souza, com divulgação em abril e devolução a partir de maio;
- Microrregiões de Teutônia e Alta do Vale, com divulgação em maio e devolução a partir de junho;
- Microrregiões de Lajeado e Taquara, com divulgação em junho e devolução a partir de julho.
Segundo o diretor-superintendente, Ilvo Edgar Poersch, a contribuição, que contabilizou em torno de R$ 8 milhões, foi muito importante para a recuperação econômico-financeira da Certel e surtiu os efeitos esperados.
Cada associado que contribuiu receberá um comunicado junto com a sua conta de energia conforme calendário acima especificado. O prazo para manifestação do associado será de até 90 dias a partir do recebimento do comunicado. Não havendo a manifestação do associado, o capital será automaticamente integralizado na cooperativa. Haverá correção da Cota-Capital pelo INPC até a devolução das últimas parcelas, inclusive para quem optar pela integralização.

Conselhos Fiscais
Para o Conselho Fiscal da Certel Energia, foram eleitos os titulares Nilo Thies (Teutônia), Nelson Lauri Appel (Canudos do Vale) e Antônio Jahn (Barão), e os suplentes Arno Luiz Pozzebom (Boqueirão do Leão), Geraldo Antônio Steffen (Poço das Antas) e Paulo Bernardo Wagner (Igrejinha).
Para o Conselho Fiscal da Certel, foram eleitos os titulares Carmo Both (Capitão), Roberto Carlos Wegner (Canudos do Vale) e Irani Guaragni (Boa Vista do Sul), e os suplentes Lili Beckenbach (Carlos Barbosa), Imério Gonzatti (Sério) e Legário Alberto Jantsch (Poço das Antas).

Mais próximos
Hennemann observa que a proposta de oferecer ao quadro social um novo modelo assemblear alcançou seu objetivo, reunindo grande número de associados. “Muitos deles participaram pela primeira vez de uma assembleia da Certel, e isso nos causa imensa gratidão e alegria. Oportunizar essa possibilidade a pessoas que nunca haviam presenciado a soberania de uma assembleia revela que estamos, de fato, vivenciando um novo modelo de gestão”, mensura.

Email

GALERIA DE IMAGENS

INFORMAÇÕES AO CONSUMIDOR

Confira alguns benefícios disponibilizados pela Certel Energia.

CENTRAL DE SERVIÇOS

Acesse aqui a agência virtual da Certel Energia, e facilite o acesso a conteúdos relevantes sobre o fornecimento de energia elétrica.

ÁREAS DE ATUAÇÃO

A Certel está inserida em 47 municípios, dos quais 17 em sedes municipais, contemplando mais de 180 mil pessoas.

ATENDIMENTO

O Sistema FECOERGS é composto por 15 cooperativas de distribuição e geração de energia elétrica, atuando nas regiões de produção agropecuária do RS, na área rural de 358 municípios e 72 sedes municipais, beneficiando a mais de um milhão de gaúchos.

RECOMENDAÇÕES

Recomendações para o plantio de árvores perto da rede elétrica.


Certel


Certel - Todos os direitos reservados ® Brivia