Página Inicial - Sobre A Certel - Notícias - Detalhe

Certel integra diretoria do Comitê Pardo

11 de Novembro
Julio Salecker (e) e Dionei Delevati

Julio Salecker (e) e Dionei Delevati

Foi eleita e empossada na tarde de terça-feira, dia 8, na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), a nova diretoria do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Pardo, composta pelo presidente Dionei Minuzzi Delevati (professor do Departamento de Engenharia e Arquitetura de Ciências Agrárias da Unisc), pelo vice-presidente Julio Cesar Salecker (diretor de geração de energia elétrica da Certel e vice-presidente do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica Taquari-Antas) e pela secretária executiva Valéria Borges Vaz.

Com a presença de membros dos seus 13 municípios de abrangência (Santa Cruz do Sul, Rio Pardo, Candelária, Vera Cruz, Sinimbu, Vale do Sol, Herveiras, Passa Sete, Boqueirão do Leão, Gramado Xavier, Lagoão, Barros Cassal e Venâncio Aires), esta eleição foi marcada pelo ingresso da Certel – que desde 2009 já integrava o comitê – na diretoria.

 

Comprometimento

Segundo o presidente Delevati, a água é um tema bastante atual, e não se remete somente ao futuro. Na Bacia do Pardo, segundo ele, já há problemas com relação à quantidade de água, principalmente no que tange ao Rio Pardinho, e que requerem cuidados maiores por parte da população. “Temos que levar este alerta a todas as partes da Bacia que participam do desenvolvimento socioeconômico e ambiental desta região. Todos os setores da sociedade devem se comprometer com o gerenciamento da água”, adverte. “Queremos também aumentar a participação e qualificação dos membros do Comitê, para que entendam melhor o sistema e as leis”, complementa.

Sobre a eleição da Certel como vice-presidente, Delevati afirma que esta reformulação deve contribuir em diversos aspectos para garantir harmonia entre a sociedade e os recursos hídricos. “Tivemos a oportunidade de formar uma chapa única e, juntamente com a Certel, vencer as eleições por aclamação unânime dos membros. A parceria com a cooperativa é importante também para os empreendimentos energéticos que estão prospectados para a Bacia do Pardo”, menciona.

 

Conscientização

Para Salecker, a água é um dos maiores recursos naturais que a humanidade utiliza e sempre vai necessitar. Ele diz que a participação da Certel no Comitê Pardo vem de encontro às ações ambientais que a cooperativa desenvolve com pioneirismo desde 1985. “O uso da água é essencial para o desenvolvimento regional dos vales. Queremos também conscientizar nossos associados e a comunidade regional sobre como eles podem se beneficiar adequando-se às novas regras de utilização das águas nas duas bacias”, assinala.

Salecker ainda mencionou os negócios da Certel que estão presentes no Vale do Rio Pardo, como as Lojas Certel e a construção do Condomínio Residencial Valquírias, da Cigha Construtora e Incorporadora, em Santa Cruz do Sul. Na área da geração, a Certel possui inventário hidrelétrico do Rio Pardo, englobando 12 aproveitamentos hidrelétricos com capacidade para gerar 54,65 megawatts (MW) de potência instalada, nos municípios de Lagoão, Passa Sete, Herveiras, Vale do Sol, Candelária, Barros Cassal, Gramado Xavier e Sinimbu.

 

Alerta

Conforme o tesoureiro do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Vera Cruz, Danilo Paulitsch, que entregou o cargo de presidente do Comitê Pardo, na medida em que a água faltar, as pessoas começarão a se interessar por ela. “O brasileiro ainda não dá maior importância, pois o País é rico em água. Mas, na África, hoje, há pessoas que têm de conviver com apenas dois litros por dia. Não podemos brincar porque, principalmente na área urbana, a falta de água vai ser um problema”, alerta.

O conselheiro de administração da Cooperativa Agroindustrial Rio Pardo (Coparroz), Cláudio Marcelo Marques de Moraes, também membro dos Comitês Pardo e Baixo-Jacuí, destaca o quão importante é a adesão da Certel, que tem um estudo de implantação de pequenas centrais hidrelétricas no Rio Pardo. “Essa condição garantiria, além da geração de energia e de riquezas para a região, a regularização e o armazenamento de água nos momentos de abundância para suprirmos em casos de escassez, principalmente considerando-se os problemas já existentes no Rio Pardinho”, avalia.

 

Saiba mais

Localizada na região central do Rio Grande do Sul, a Bacia Hidrográfica do Rio Pardo aflui para o Rio Jacuí, sendo integrante da Região Hidrográfica do Guaíba, correspondendo a Bacia G 90, classificação oficial do Estado. A área de drenagem da Bacia do Pardo é de 3.636,79 Km², sua extensão é de 115 Km e a largura de 35 Km, representa 1,3% da área do Estado e 4,3% da Região Hidrográfica do Guaíba, abrangendo 13 municípios, com um total de 212.531 habitantes (em 2003).

 

Email

GALERIA DE IMAGENS

NOSSA HISTÓRIA

Uma história de cooperativismo construída por homens idealistas e empreendedores.

RECONHECIMENTO PÚBLICO

A Certel vem recebendo o reconhecimento por sua atuação na gestão dos seus negócios e nas comunidades onde está inserida.

INCENTIVO AO ESPORTE

A Certel estimula a qualidade de vida de seus associados e familiares, promovendo interações interação com as comunidades.

CORAL CERTEL

Constituído por colaboradores da cooperativa, o Coral Certel envolve talentos musicais de todas as áreas.

RSPONSABILIDADE SOCIO AMBIENTAL

A Certel participa de ações sociais, ambientais, educacionais e culturais direcionadas aos associados, familiares e comunidade em geral.

XOQUINHO

O Xoquinho é um grande amigo da garotada e é um dos mascotes mais requisitados para eventos na região.


Certel


Certel - Todos os direitos reservados ® Gad'Brivia