quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

O desafio de crescer através da agroindustrialização

Compartilhe:

Encontrar alternativas para potencializar a produção agrícola é algo que desafia e, ao mesmo tempo, motiva o setor primário. E as localidades interioranas da região nos revelam verdadeiros casos de engajamento e sucesso nesse sentido. Um exemplo vem de Linha Data, em Boqueirão do Leão. É lá que vive o casal Solange e Jaimir Pedro Ruggeri, proprietários da Agroindústria Delícias do Interior.

Reconhecida por seus dotes culinários, Solange lembra de quando recebeu a dica de João Ribeiro, diretor ambiental da Prefeitura, que recomendou a instalação de uma agroindústria familiar. O desafio foi aceito e, atualmente, a Delícias do Interior produz itens como cucas (alta, baixa e ninho de abelha), rocamboles, tortas, bolos, biscoitos variados, massas caseiras, lasanhas, pastéis, risólis, pizzas e geleias orgânicas. “As encomendas não param de crescer, prova de que estamos no caminho certo”, comemora Solange.

Jaimir ressalta o compromisso de colaborar para a saúde dos consumidores através do que é plantado na propriedade. Frutas como a amora são utilizadas na agroindustrialização de schmier, com ótima aceitação do mercado consumidor. “As pessoas estão cada vez mais interessadas em consumir alimentos saborosos e confiáveis, que contribuam com sua saúde. Nossas verduras, frutas e temperos são orgânicos, sem nenhuma utilização de agroquímicos, e isso dá um sabor a mais ao que produzimos na Delícias do Interior”, acrescenta.

E o casal é unânime quanto a um fator que é essencial para que tudo funcione bem. “A energia elétrica que recebemos é muito boa, dificilmente ocorrem problemas. Quando é necessário algum contato ou solicitação, somos sempre muito bem atendidos pelo 0800 e pelos plantões, que restabelecem a distribuição de energia rapidamente”, pontua Jaimir. “A energia da Certel é um ingrediente que não pode faltar em nossos produtos”, completa Solange.

Compartilhe:

Deixe seu comentário