Agraciados com o prêmio Destaques 2009 conhecem hidrelétrica da Certel

19 de Outubro
Altmann (d) e Hoerlle junto à barragem

Altmann (d) e Hoerlle junto à barragem

Empresários e produtores rurais agraciados este ano com o Prêmio Destaques 2009, concebido em maio pelo governo municipal de Teutônia a quem mais contribuiu com retorno de impostos e serviços ao Município, visitaram, no sábado, dia 16, as instalações da Hidrelétrica Salto Forqueta, entre São José do Herval e Putinga. Acompanhado pelo presidente, Egon Édio Hoerlle, vice-presidente, Erineo José Hennemann, diretor de geração de energia elétrica, Julio Cesar Salecker, e por colaboradores da Cooperativa Regional de Desenvolvimento Teutônia (Certel), o grupo conheceu todos os setores do empreendimento.

Os visitantes foram recepcionados no mirante, local que possibilita uma vista panorâmica da usina. Após, deslocaram-se à barragem, onde conheceram a galeria de inspeção e drenagem e a escada de peixes, e à casa de máquinas. Um almoço de confraternização foi oferecido pela Certel no centro de visitação.

 Sustentabilidade

Na ocasião, Hoerlle salientou que a meta da cooperativa é suprir o mercado com energia elétrica renovável de forma competitiva e rentável, contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região. “As próximas hidrelétricas a serem construídas serão a Rastro de Auto, também no Rio Forqueta, entre São José do Herval e Putinga, e a Cazuza Ferreira, no Rio Lageado Grande, em São Francisco de Paula”, ressalta.

 Qualidade

“É um investimento com elevada carga de ousadia e responsabilidade”, afirmou o prefeito de Teutônia, Renato Altmann, que acionou uma das turbinas. “Estamos orgulhosos por ter em Teutônia a sede de uma cooperativa com tamanha qualificação e comprometimento”, acrescenta.

O chefe do Executivo teutoniense ainda considerou a tecnologia e o respeito ao meio ambiente como elementos relevantes para o sucesso da hidrelétrica. “É importante ter energia elétrica em abundância e com qualidade para atrair novos investimentos”, relata.

 Futuro

Conforme o gerente industrial de laticínios da Brasil Foods, Cláudio Gonçalves Ferreira, a hidrelétrica comprova que é possível desenvolver a economia da região de forma organizada e sustentável, sem afetar a natureza. “Isso dá tranquilidade e perspectivas de futuro para que possamos continuar investindo no sistema industrial”, comenta.

 Empreendedorismo

O gerente da Caixa Econômica Federal de Teutônia, Renato Zanella, avaliou a visita como uma experiência ímpar. “Demonstra o empreendedorismo da Certel. Não só pela geração de energia elétrica, mas principalmente pela preocupação constante de preservar o ecossistema. É a inteligência humana que permitiu aproveitar o curso normal de um rio para transformá-lo em energia sem prejudicar a natureza”, pontua.

 Desenvolvimento

Segundo Daniel Üebel, da Paquetá Calçados, descer a escadaria da barragem e atravessar a galeria de inspeção e drenagem, chegando a outra extremidade da usina, também foi muito válido. “Com suas hidrelétricas, a Certel gera em casa 12% da energia que distribui a mais de 52 mil associados, em 47 municípios. Com as novas usinas que construirá, a cooperativa trará ainda mais desenvolvimento a nossa região”, enaltece.

 Otimismo

A coordenadora do setor de ICMS da Prefeitura de Teutônia, Marlise Pletsch, também traduz a impressão que o grupo leva do local. “Saímos daqui muito otimistas. Além da moderna tecnologia, o respeito ao meio ambiente garante vida longa para as futuras gerações”, analisa.

 Visitantes

Entre as empresas representadas na visita, também estão a Calçados Beira Rio, A Grings, CIC, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Cooperativa Languiru, Copermax Transportes, Calçados Sete Sul, Calçados Um Leste, SH Assessoria, Tornocar, Pfuller & Cia, Banrisul, Banco do Brasil, Sicredi Ouro Branco, Drusa Indústria e Comércio e La Pelle Indústria e Comércio. Entre os produtores, estiveram Darci Antonio Fell, Sinecio Markus e Mildi Wilsmann. Funcionários públicos, imprensa e a primeira-dama de Teutônia, Eliane Machado Altmann, também estiveram presentes.

 Saiba mais

Com 6.124 kilowatts de potência instalada, a Hidrelétrica Salto Forqueta completará em dezembro oito anos de geração de energia elétrica. Equipada com sistema de telecomando, a usina é controlada a partir do Centro de Operação do Sistema, em Teutônia, com transmissão de dados via satélite.

As ações ambientais implementadas durante e após a construção, envolvem salvamento da flora e fauna, reposição florestal de mais de 400 mil mudas de espécies nativas, construção de um orquidário e educação ambiental.

Email

GALERIA DE IMAGENS

NOSSA HISTÓRIA

Uma história de cooperativismo construída por homens idealistas e empreendedores.

RECONHECIMENTO PÚBLICO

A Certel vem recebendo o reconhecimento por sua atuação na gestão dos seus negócios e nas comunidades onde está inserida.

INCENTIVO AO ESPORTE

A Certel estimula a qualidade de vida de seus associados e familiares, promovendo interações interação com as comunidades.

CORAL CERTEL

Constituído por colaboradores da cooperativa, o Coral Certel envolve talentos musicais de todas as áreas.

RSPONSABILIDADE SOCIO AMBIENTAL

A Certel participa de ações sociais, ambientais, educacionais e culturais direcionadas aos associados, familiares e comunidade em geral.

XOQUINHO

O Xoquinho é um grande amigo da garotada e é um dos mascotes mais requisitados para eventos na região.


Certel


Certel - Todos os direitos reservados ® Brivia