Produtores comemoram o cinquentenário do STR de Lajeado

11 de Julho
Dirigente recomenda luta organizada

Dirigente recomenda luta organizada

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Lajeado, Marques de Souza, Forquetinha e Canudos do Vale, completou, no dia 1º de julho, os seus 50 anos de atividades. Fundada no ano de 1963, a entidade, que congrega milhares de produtores rurais, comemorou o transcurso do quinquagésimo aniversário junto ao Ginásio Esportivo da Comunidade São José de Conventos, em Lajeado, com a presença maciça de mais de 1,5 mil agricultores, além de autoridades e lideranças.

Agradecimento

O presidente do STR, Adilson Carlos Metz, destacou a importância da comemoração e elencou alguns dos benefícios proporcionados à classe de trabalhadores rurais ao longo deste meio século. Disse que o sindicato se compara a uma árvore, que é composta de celulose, a parte rígida, e seiva, que dá a vida, que pulsa como o sangue. “Aprendemos que, em nossas veias, deve pulsar o sangue da indignação, da esperança e da vontade de lutar. Mas lutar de forma organizada, como sempre fizemos. Agradecemos de coração a todos que construíram esta história, e pedimos o apoio de todos para que ajudem a continuar construindo-a por muito tempo. Nós, agricultores, somos reconhecidos porque a sociedade se alimenta da comida que produzimos”, explanou.

Energia


O líder sindical enalteceu a atuação da Certel Energia para o desenvolvimento do setor primário. “Por onde passamos e o fornecimento de energia elétrica não é da cooperativa, as pessoas perguntam por que não podem também ser associadas a ela, que tem realizado um trabalho exemplar. Onde a cooperativa trabalha, não falta energia e os agricultores têm força para desenvolverem as suas comunidades”, frisou.

 Meio ambiente

Também citou a parceria firmada entre Certel Energia e Fetag, que contempla a agricultura no que tange a questões ambientais. Nos últimos meses, a classe rural obteve uma grande conquista, a aprovação do novo Código Florestal. “E as propriedades rurais precisam se adequar a várias questões, como a do reflorestamento. Nesse sentido, a Certel Energia vem realizando um trabalho socioambiental muito forte, doando 200 mil mudas para que os agricultores, através dos sindicatos gaúchos, possam legalizar as suas propriedades”, afirmou.

Presenças

Entre as lideranças presentes, estiveram os prefeitos de Lajeado, Forquetinha e Canudos do Vale, Luís Fernando Schmidt, Waldemar Laurindo Richter e Luiz Alberto Reginatto; o ex-prefeito de Marques de Souza e ex-presidente do STR, Gelsi Arend; o coordenador da Regional dos Sindicatos, Luciano Carminatti; o deputado estadual, Heitor Schuch; e o 1º vice-presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva. A Certel e a Certel Energia estiveram representadas pelo presidente, Egon Édio Hoerlle; vice-presidente, Erineo José Hennemann; e pelo diretor da Cigha, Ilvo Edgar Poersch.

Email

GALERIA DE IMAGENS

NOSSA HISTÓRIA

Uma história de cooperativismo construída por homens idealistas e empreendedores.

RECONHECIMENTO PÚBLICO

A Certel vem recebendo o reconhecimento por sua atuação na gestão dos seus negócios e nas comunidades onde está inserida.

INCENTIVO AO ESPORTE

A Certel estimula a qualidade de vida de seus associados e familiares, promovendo interações interação com as comunidades.

CORAL CERTEL

Constituído por colaboradores da cooperativa, o Coral Certel envolve talentos musicais de todas as áreas.

RSPONSABILIDADE SOCIO AMBIENTAL

A Certel participa de ações sociais, ambientais, educacionais e culturais direcionadas aos associados, familiares e comunidade em geral.

XOQUINHO

O Xoquinho é um grande amigo da garotada e é um dos mascotes mais requisitados para eventos na região.


Certel


Certel - Todos os direitos reservados ® Brivia