Programa de Preparação à Aposentadoria da Certel conquista prêmio Top Ser Humano

04 de Outubro
Hoerlle, Schneider e Sandra receberam o prêmio

Hoerlle, Schneider e Sandra receberam o prêmio

Desenvolvido em benefício dos colaboradores da Certel, o programa de preparação à aposentadoria Experiência e Sabedoria em Ação possibilitou à cooperativa a condecoração do Prêmio Top Ser Humano, da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS). A solenidade ocorreu dia 28 de setembro, no Grêmio Náutico União, em Porto Alegre. A empresa esteve representada pelo presidente, Egon Édio Hoerlle; pelo gerente de recursos humanos, Alexandre Marcelo Schneider; pela psicóloga, Sandra Wink; e pela publicitária do Departamento de Relações Institucionais, Pauline Klein.
Schneider diz que, numa época de escassez de talentos, as áreas de Recursos Humanos das empresas direcionam seu foco para seus processos de recrutamento e seleção de profissionais qualificados. Métodos arrojados e inovadores de recrutamento, testes, simulações e análises de perfil tentam aumentar ao máximo a eficácia desse trabalho, buscando atrair o melhor talento.
Mas existe o outro lado da moeda. Enquanto alguns entram na empresa, outros gradativamente precisam ou querem deixá-la. É um processo tão importante quanto a atração de pessoas, pois, se tratado com desinteresse, pode passar aos colaboradores a sensação de que a empresa trata seus colaboradores apenas como recursos, e não como pessoas, podendo descartá-las sem constrangimento quando não lhe forem mais úteis. “Essa percepção acaba comprometendo o engajamento dos demais talentos que, sentindo-se inseguros em relação ao seu futuro, acabam saindo e forçando a empresa a buscar ainda mais profissionais no mercado”, alerta.
A questão se reveste de importância ainda maior quando se analisa que poucas organizações se preocupam em acompanhar este processo com a devida importância: o momento da aposentadoria do colaborador. “A gestão desse processo é que mostra aos que ingressam hoje na empresa como serão tratados amanhã, no momento em que desejarem sair. Esse momento da aposentadoria, quando o colaborador efetivamente para de trabalhar, é aquele onde a empresa realmente mostra seu grau de humanidade. É quando o discurso de que o “colaborador é o maior patrimônio” é colocado em cheque”, afirma Schneider.

Experiência e Sabedoria em Ação
Com esse foco, a Certel implantou, há mais de cinco anos, o seu Programa de Preparação à Aposentadoria: “Experiência e Sabedoria em Ação”. O programa prepara os colaboradores para o planejamento de uma pós-carreira mais digna, responsável e produtiva, buscando subsídios para uma decisão consciente e minimizando o impacto desta mudança.
O gerente de RH destaca que é um aprendizado para a nova fase da vida que se aproxima. São convidados para o grupo colaboradores que estejam a menos de cinco anos das condições ideais de aposentadoria. Além disso, participações voluntárias de colaboradores mais jovens, mediante avaliação, também são permitidas.
No grupo, são desenvolvidos projetos de educação financeira, saúde, nutrição, atividades físicas, psicológicas e culturais, entre outros temas de interesse do grupo. Também há o suporte do Plano de Previdência Complementar da empresa, que é um dos fatores que auxilia no planejamento de saída do colaborador. Este planejamento é realizado individualmente pelos integrantes e negociado com a empresa.
A abordagem diferenciada do Programa está no fato de se basear num verdadeiro programa de aprendizagem. “Os participantes precisam aprender como lidar com uma nova fase da vida, através de módulos de aprendizagem com conteúdo prático e provocativo, convergindo, no seu final, para a construção de um planejamento pessoal objetivo”, detalha a psicóloga Sandra.
Na visão da empresa, o programa atingiu seus objetivos quando se constata que 92,8% dos participantes chegaram ao final do ciclo com a etapa de planejamento pessoal de aposentadoria concluído. Este êxito fomentou a reedição do programa que, em 2011, está promovendo sua segunda edição.
Para o presidente da Certel, Egon Édio Hoerlle, observar a aplicação dos princípios da empresa na gestão dos seus negócios é fundamental. “Um dos princípios expressos na nossa filosofia organizacional é ‘Profissionalismo e humanismo’. O programa busca enfatizar exatamente isso: valorizar o nosso bom profissional através do aspecto humano, contemplando estes que tanto realizaram pela empresa”, avalia.
No total, 39 empresas e instituições que se destacaram em projetos na área de gestão de pessoas e cidadania foram agraciadas pelo prêmio.

Email

GALERIA DE IMAGENS

NOSSA HISTÓRIA

Uma história de cooperativismo construída por homens idealistas e empreendedores.

RECONHECIMENTO PÚBLICO

A Certel vem recebendo o reconhecimento por sua atuação na gestão dos seus negócios e nas comunidades onde está inserida.

INCENTIVO AO ESPORTE

A Certel estimula a qualidade de vida de seus associados e familiares, promovendo interações interação com as comunidades.

CORAL CERTEL

Constituído por colaboradores da cooperativa, o Coral Certel envolve talentos musicais de todas as áreas.

RSPONSABILIDADE SOCIO AMBIENTAL

A Certel participa de ações sociais, ambientais, educacionais e culturais direcionadas aos associados, familiares e comunidade em geral.

XOQUINHO

O Xoquinho é um grande amigo da garotada e é um dos mascotes mais requisitados para eventos na região.


Certel


Certel - Todos os direitos reservados ® Brivia