Schmitz e Salecker reconduzidos à diretoria do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica Taquari-Antas

18 de Agosto
Schmitz, Salecker e a secretária Cíntia Agostini

Schmitz, Salecker e a secretária Cíntia Agostini


Foi re-eleita por unanimidade, no dia 30 de julho, a diretoria do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica Taquari-Antas. Realizada no auditório da Univates, em Lajeado, a eleição reconduziu à presidência da entidade, para o biênio 2010/2012, o professor da Universidade de Caxias do Sul (UCS), Daniel Schmitz e, à vice-presidência, o diretor de geração de energia elétrica da Cooperativa Regional de Desenvolvimento Teutônia (Certel), Julio Cesar Salecker.

Bem escasso
O comitê engloba 120 municípios e está entre os 22 existentes no Estado, configurando-se entre os nove comitês cujas bacias hidrográficas deságuam no Rio Guaíba. “A água está se tornando um bem escasso, tanto em qualidade como em quantidade. Compete aos comitês administrar esse problema”, afirma Salecker.

Cobrança pelo uso
O vice-presidente ressalta que a nova gestão deverá ser marcada pelo primeiro ensaio de cobrança pelo uso da água, previsto para iniciar em abril de 2011. Para tanto, será avaliada a qualidade de captação e de devolução. “Se o usuário devolvê-la limpa, não pagará nada. Agora, se a água estiver poluída, terá de pagar para que os programas específicos possam limpá-la”, alerta. Esta tarifa englobará inicialmente projetos destinados à redução de esgoto e carga orgânica urbana.

Saiba mais
A criação dos comitês de gerenciamento de bacias hidrográficas, no Rio Grande do Sul, obedece a um processo aberto, democrático e participativo. A Bacia Hidrográfica Taquari-Antas foi a primeira a criar o seu comitê seguindo os parâmetros da Lei Estadual 10.350/94, que define a política de recursos hídricos do Estado. Cada comitê é formado por 50 membros, sendo 20 representantes da população, 20 de usuários da água e dez do governo.
O processo de formação do Taquari-Antas iniciou, formalmente, em 1996, através da criação de duas comissões provisórias, uma para cada segmento da Bacia (do Rio das Antas e do Rio Taquari). “Em 1998, foi implantado o Comitê Taquari-Antas, juntando as duas regiões em um grande exemplo de união e entendimento da abrangência do curso deste grande rio”, relata Salecker.

Foto: Paulo R. Schneider

Email

GALERIA DE IMAGENS

NOSSA HISTÓRIA

Uma história de cooperativismo construída por homens idealistas e empreendedores.

RECONHECIMENTO PÚBLICO

A Certel vem recebendo o reconhecimento por sua atuação na gestão dos seus negócios e nas comunidades onde está inserida.

INCENTIVO AO ESPORTE

A Certel estimula a qualidade de vida de seus associados e familiares, promovendo interações interação com as comunidades.

CORAL CERTEL

Constituído por colaboradores da cooperativa, o Coral Certel envolve talentos musicais de todas as áreas.

RSPONSABILIDADE SOCIO AMBIENTAL

A Certel participa de ações sociais, ambientais, educacionais e culturais direcionadas aos associados, familiares e comunidade em geral.

XOQUINHO

O Xoquinho é um grande amigo da garotada e é um dos mascotes mais requisitados para eventos na região.


Certel


Certel - Todos os direitos reservados ® Brivia