quinta-feira, 25 de junho de 2020

Energia elétrica garante bom desempenho de setores como o agronegócio

Compartilhe:

O período é de conscientização e muitos cuidados em relação às práticas no dia a dia. O surgimento da pandemia causou uma série de mudanças na rotina de toda a humanidade, tanto no que tange à saúde quanto ao trabalho. Mas, há setores que, independentemente, não podem parar, pois lidam com itens considerados essenciais.

É o caso da produção de alimentos. Em Araguari, Forquetinha, o casal de agricultores Marcelo e Lenir Teresinha Brietzke Quinot se enquadra nessa situação. Além de se precaverem contra a disseminação da Covid-19, eles precisam manter ativa a propriedade agropecuária. “Temos evitado sair de casa e, se não tem como evitar, utilizamos a máscara, mantemos maior distanciamento e intensificamos o uso do álcool em gel. Temos os nossos pais que são idosos, então precisamos nos preocupar com eles também, nos mantendo em casa. Evitamos passear e receber visitas, uma prática que era comum antes. Também usamos bastante os aplicativos dos bancos para pagamentos e transferências”, observa Lenir.

E para que a lida na propriedade não pare, não pode faltar energia elétrica. São quatro mil suínos alojados em seis galpões, vacas leiteiras e plantio de fumo. Para todos eles, a energia é extremamente essencial. “Somos gratos à Certel por recebermos um insumo de qualidade. Seja para alimentar os porcos, através de um sistema automático que direciona a ração, também para ordenhar as vacas, manter o resfriamento do leite a -3,4 graus, conduzir água aos bebedouros e para a secagem do fumo”, afirma Lenir.

Ela ainda lembra que a energia é importante para as demais tarefas domiciliares e por possibilitar um banho quente, seja em casa ou na hora de entrar e sair da granja. “Até a água que bebemos depende da energia para ser bombeada e chegar à residência. E o que dizer da internet, que agiliza a comunicação com as integradoras e nos traz informação e entretenimento.”

Marcelo acrescenta que, sem luz elétrica, nada funciona na propriedade. “Queremos agradecer à Certel, pois sempre que precisamos, somos muito bem atendidos. Afinal, é desesperador chegar ao fim da tarde e não ter energia para realizarmos os nossos trabalhos. O nosso muito obrigado a todos da cooperativa, desde os atendentes que recebem a nossa ligação pelo 0800 até os engenheiros, eletricistas e plantões que realizam o atendimento mais próximo aos associados”, sublinha.

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário